Slider Image
Slider Image
Slider Image
Slider Image
Slider Image
Slider Image
Slider Image
Slider Image
  • DATADe 27 de Abril a 26 de Maio de 2012
  • HORÁRIO21:30
  • MORADASala Estúdio do Teatro da Rainha | Rua Vitorino Fróis - junto à Biblioteca Municipal - Largo da Universidade | Edifício 2 | 2504-911 Caldas da Rainha

Ficha Artística

Selecção de textos e montagem | Fernando Mora Ramos e José Carlos Faria
Traduções | Arnaldo Saraiva e Paulo Quintela
Versões de cena | Fernando Mora Ramos e José Carlos Faria
Encenação e instalação cénica | Fernando Mora Ramos
Canções e paisagens sonoras | Carlos Alberto Augusto
Figurinos | José Carlos Faria
Intérpretes | José Carlos Faria e Victor Santos
“Voz de Deus” | António Durães

Ver Programa
Ficheiro em PDF

In Tenebris / Tróika City uma sequência de diálogos e de formas poéticas, do verso livre à canção de embalar, confronta os espectadores com a revelação do modo de funcionamento do capitalismo, que se autogera regenerando constantemente a sua disfuncionalidade genética ao serviço do capital financeiro globalizado e sempre mutante.

Será a mentira imortal e a verdade mortal? Apenas uma das muitas questões colocadas neste In Tenebris a revelar a estranha actualidade destes escritos do poeta alemão que tinham como referência real uma outra realidade histórica.

O que se poderá constatar é esta estranha possibilidade: as reflexões sobre um outro tempo não perderam a pertinência porque, no essencial, este é o mesmo tempo mesmo sendo outro.